Implementar a serialização na sua linha de produção | Omron, Portugal

Início de sessão

Please use more than 6 characters. Forgot your password? Click here to reset.

Alterar palavra-passe

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Registo

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Obrigado por se registar na Omron

Foi-lhe enviado um e-mail para concluir o registo da sua conta para

Voltar ao Website

obtenha acesso directo

Preencha os seus dados abaixo e obtenha acesso directo ao conteúdo desta página

Text error notification

Text error notification

Política de privacidade">

Checkbox error notification

Checkbox error notification

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Agradecemos o seu interesse

Já tem acesso a Implementar a serialização na sua linha de produção

Foi enviado um e-mail de confirmação para

Continuar para a página

ou obtenha acesso directo para transferir este documento

Implementar a serialização na sua linha de produção

Não está seguro de qual o próximo passo a tomar na implementação da serialização? Contacte-nos em qualquer etapa do seu processo de implementação da serialização (desde os estudos de conceitos e primeiros testes-piloto, passando pela implementação de estações completas nas suas linhas e instalações de produção e pela integração em novas máquinas, até aos ciclos finais de melhoria e actualização).

Repositórios centrais e cadeia de fornecimento (nível 5)

Europa/EMVS

securPharm/ACS Pharmaprotect

É possível criar uma troca de dados serializados na Europa sob a alçada do Sistema Europeu de Verificação de Medicamentos (EMVS, European Medication Verification System) para produtos farmacêuticos, por exemplo, para vendas na Alemanha através do centro europeu (reencaminhador) ou directamente para a estrutura de carregamento do sistema nacional de verificação. Em ambos os casos, os dados são recebidos pela ACS PharmaProtect GmbH, a qual opera a estrutura de carregamento do sistema nacional de verificação em cooperação com a securPharm e.V. O titular de uma autorização de comercialização (MAH, marketing authorization holder) necessita de um contracto com a ACS PharmaProtect GmbH para colocar um produto farmacêutico no mercado alemão.

A nível prático, as duas opções de carregamento de códigos podem ser vistas como: 

  1. A abordagem multinacional/para vários locais: recomenda-se a gestão da troca de dados através de um centro de TI no ambiente de ERP/Dados principais (Nível 4) e posterior carregamento através da interface do centro (reencaminhador) do Sistema Europeu de Verificação de Medicamentos (EMVS).
  2. A solução nacional/para local único: além do hub do Sistema Europeu de Verificação de Medicamentos (EMVS), é possível efectuar um carregamento directo do local de nível 3 (através de um módulo opcional do conceito da solução da Omron) e gerir o carregamento de dados a nível nacional directamente através da interface da ACS.

A securPharm e a ACS consideram-se modelo e parte integrante do escudo europeu contra a falsificação de medicamentos. Para colocar medicamentos sujeitos a receita médica no mercado de mais do que um país europeu, o titular de uma autorização de comercialização (MAH) necessita de garantir que os dados da embalagem associada são armazenados nas bases de dados dos respectivos sistemas nacionais de verificação. Para facilitar o processo de fornecimento de dados aos sistemas nacionais de verificação, o denominado centro europeu (European-Hub, abreviado como: EU-Hub) funciona como um reencaminhador: no momento do carregamento centralizado dos ficheiros de dados, será aplicado um prefixo de código de país, o qual permite ao EU-Hub transmitir os dados para a base de dados nacional correcta. Como resultado, são apenas necessários um único carregamento e uma interface. Obviamente, a interface existente de acesso ao sistema ACS MAH manter-se-á operacional.

A ACS disponibiliza duas funcionalidades de interface: através do portal (HTTPS) ou através da interface de máquina (SFTP). Adicionalmente, o portal da ACS permite o acesso a inúmeros relatórios.

Mais informação sobre a securPharm

ERP/Master Data environments (nível 4)

O nosso conceito FlexLayer dispõe de uma interface compatível com vários fornecedores de soluções de ERP/gestão de dados. Contacte-nos para obter informações mais detalhadas.

Soluções para instalações e linhas de produção (níveis 2 e 3)

Estações de serialização "chave na mão" (incluindo nível 1)

Com a experiência de milhões de embalagens serializadas internamente, a Prestige Promotion disponibilizou comercialmente para outras empresas a sua estação comprovada de serialização de linha. Esta solução oferece funções de impressão e verificação e gere ainda a comunicação de códigos serializados. Adicionalmente, estas acções são executadas com um elevado grau de flexibilidade, permitindo uma adaptação fácil à utilização de dados master e conceitos de comunicação diferentes, bem como alterações futuras. Foi concebida especificamente para satisfazer as necessidades de pequenas e médias organizações CMOs, CPOs, reembaladores e fabricantes farmacêuticos.

Localizada em Kleinostheim, Alemanha, no coração da Europa, a Prestige Promotion e a Prestige Packaging disponibilizam uma ampla gama de soluções de subcontratação, reembalagem, distribuição e serviços para empresas farmacêuticas e de cosmética.

Com mais de 20 anos de experiência e aproximadamente 250 funcionários, a Prestige Promotion e a Prestige Packaging apoiam as empresas farmacêuticas e de cosmética a ultrapassar vários obstáculos encontrados na comercialização dos seus produtos na União Europeia. A flexibilidade, a fiabilidade e uma vontade de inovar são, assim, os princípios orientadores de todas as operações.

Leia ainda as referências dos nossos clientes.

Saiba mais

Estações de serialização "chave na mão" (incluindo nível 1)

A solução de monitorização e rastreio ModuTrack é um sistema de verificação e marcação flexível, compacto e pronto a utilizar para serialização e agregação nas linhas de embalagem da indústria farmacêutica.

A solução é integrável em vários sistemas MES/ERP e utiliza uma solução de impressão REA JET horizontal e vertical que proporciona a mais elevada flexibilidade de adaptação a diferentes tamanhos de embalagens de cartão.

A ETW Wollmershäuser GmbH, com sede em Wolpertshausen no estado alemão de Baden-Wuerttemberg, especializa-se em tecnologia de controlo, cablagem e componentes electrónicos industriais.

Com 28 funcionários, a empresa implementa novos sistemas e conversões de sistemas numa variedade de indústrias, da indústria farmacêutica às viagens aéreas e espaciais. O catálogo da empresa alemã inclui ainda produtos próprios, como controladores de motores, estruturas para câmaras e dispositivos de controlo de transportadores oscilantes.

Saiba mais

Estações de serialização "chave na mão" (incluindo nível 1)

A série PharmaJet da Masterprint fornece soluções de marcação prontas a utilizar para uma vasta gama de produtos farmacêuticos incluindo blisters, garrafas, recipientes, frascos, tubos e embalagens de cartão (planas [quando estão vazias] e na vertical [quando estão cheias]). Em conformidade com a serialização de códigos GS1, a série PharmaJet representa uma relação de qualidade-preço fiável e excelente para soluções de marcação para o cumprimento da Directiva europeia de medicamentos falsificados (outros países mediante pedido). Situada em Ivancsa, no sul de Budapeste/Hungria, a Masterprint Kft tornou-se no líder regional das aplicações de marcação.

Com empresas-irmãs como fornecedores de máquinas e serviços para a marcação, impressão, pesagem, corte de alimentos e embalagem secundária, o Masterprint Group tornou-se num fornecedor de confiança para a Indústria farmacêutica, alimentar e de bebidas, entre muitas outras indústrias da Europa Central e de Leste.

Saiba mais

Estações de serialização "chave na mão" (incluindo nível 1)

A estação de etiquetagem inviolável e de serialização STE300 da Transvis-CTI fornece uma solução compacta e ergonómica para a etiquetagem de cartão em conformidade com a Directiva de medicamentos falsificados (FMD) e codificação para até 300 produtos/minuto. As máquinas prontas a utilizar estão equipadas com módulos de etiquetagem e marcação Blum-Weber deslizantes, equipamento de automação Omron e uma estrutura de arquitectura de TI aberta que permite uma integração fácil de soluções de servidor de local e linha e softwares de serialização. As estações podem opcionalmente ser combinadas com módulos de verificação de peso, módulos de etiquetagem ou outros.

Situada perto de Orléans, na centro da França, a Transvis-CTI conta com 30 anos de experiência no fornecimento de máquinas novas e transformadas para enchimento, etiquetagem, marcação, embalagem, inspecção e manuseamento na indústria farmacêutica, de alimentação e bebidas, cosmética, tabaco, automóvel, entre muitas outras indústrias.

Saiba mais

Software de serialização/monitorização e rastreio

A Facilityboss está situada no sul da Alemanha, em Darmstadt. Fundada a partir da Fraunhofer Institut SIT, a Facilityboss concentra-se no desenvolvimento de soluções de TI líderes da sua classe, as quais permitem uma elevada satisfação do cliente.

A Facilityboss desenvolve vários produtos padronizados que podem ser personalizados para satisfazer necessidades específicas. O sistema de monitorização e rastreio PLS (serialização GS1) da Facilityboss, para a indústria farmacêutica, por exemplo, está já a ser utilizado em várias instalações dos principais fabricantes farmacêuticos, indicados no DAX, bem como nas instalações de CMO/CPO de dimensões mais reduzidas.

O software é ainda utilizado por fabricantes líderes das indústrias da alimentação e bebidas.

Saiba mais

Software de serialização/monitorização e rastreio

Situada em Paris, França, a Adents trabalha com as principais empresas farmacêuticas da América do Norte e da Europa através da disponibilização de soluções de software de rastreio e identificação de unidades de produtos. Com mais de 150 linhas de produção a utilizar o software da Adents, os módulos PharmaPilot, PharmaSupervisor e PharmaExchange dispõem de interface com a camada de automação para proporcionar serviços de serialização, agregação, troca de eventos e integração nas camadas de MES/ERP.

A plataforma de software padrão foi concebida para criar uma interface rápida com ambientes de TI, interoperacionar facilmente com dispositivos de hardware e proporcionar um elevado nível de flexibilidade aos utilizadores.

Saiba mais

Soluções de impressão (nível 1)

Fundada em 1978 e com sede em Cambridge, Reino Unido, a Domino desfruta de uma reputação mundial no desenvolvimento e fabrico de tecnologias de codificação, marcação e impressão que satisfazem os requisitos dos fabricantes e impressoras comerciais.

Subjacente ao crescimento ano após ano da Domino, tanto a nível orgânico como através de aquisições, está um empenho inigualável no desenvolvimento de produtos, do qual resulta um catálogo que inclui soluções completas de codificação de ponta a ponta, abrangendo aplicações primárias, secundárias e terciárias.

As inovadoras tecnologias de impressão por sobreposição com jacto de tinta, laser, impressão e aplicação e transferência térmica são utilizadas para a aplicação de dados variáveis, códigos de barras e códigos de rastreio únicos em produtos e embalagens, em vários sectores industriais, incluindo produtos farmacêuticos, alimentares e bebidas.

Saiba mais

Soluções de impressão (nível 1)

A REA JET desenvolve e fabrica sistemas de codificação e marcação industriais superiores para utilização em marcação industrial sem contacto. O catálogo inclui impressoras de jacto de tinta, sistemas de marcação por jactos e laser, soluções de etiquetagem e ainda tinteiros e consumíveis. Os produtos, de orientação prática, foram concebidos para utilização em todos os ramos e estão comprovados mundialmente por todas as indústrias e segmentos de negócio. A REA JET e a REA VERIFIER (sistemas de verificação de códigos) são divisões da REA Elektronik GmbH, com sede em Muehltal, nas proximidades de Frankfurt am Main. A REA Card, outra divisão da REA, desenvolve e comercializa sistemas de pagamento através de fundos virtuais.

A REA Elektronik foi fundada em 1982, é gerida pelos proprietários e emprega 300 funcionários (2014). Todos os produtos REA JET são 100 por cento fabricados na Alemanha.

Saiba mais

Apoio de consultadoria e conformidade geral em serialização/rastreio

O foco de negócio da Vesdo Inc., empresa de consultadoria e engenharia suiça activa desde 2000, incide sobre sistemas de combate à contrafacção de produtos. Para prevenir fraudes com produtos de marca, os clientes da Vesdo implementam tecnologias de autenticação e serialização de produtos com resultados comprovados. Enquanto empresa líder nesta indústria, a Vesdo tem sido pioneira e estado envolvida em mais de 100 projectos de implementação por toda a Europa, fornecendo não só para pequenas entidades, bem como empresas mundiais de nível 1. As mais de 20 candidaturas de patentes para clientes e para a Vesdo comprovam a criatividade da empresa. Fulcral na empresa são os funcionários altamente qualificados, detentores de graus académicos e uma experiência abrangente.

A Vesdo Inc. desenvolveu também uma referência de calibração para sistemas de visão, utilizados em ligação com aplicações de classificação de código. Estes conjuntos de códigos de conformidade, sob a forma de etiquetas adesivas, podem ser utilizados para calibrar também sistemas de visão em linha.

Saiba mais

Apoio de consultadoria e conformidade geral em serialização/rastreio

A Omron é um membro activo do grupo de trabalho do padrão de comunicação de serialização aberto (SCS aberto). Direccionada por prestadores de cuidados de saúde, a iniciativa SCS aberto aborda directamente a vaga de regulação de serialização de produtos do sector da saúde da próxima década.

O grupo de trabalho SCS aberto (SCS aberto) tem uma parceria com a OPC Foundation para o desenvolvimento de um padrão de fonte aberta no Registro de nomes global de serialização de embalagem.

Saiba mais