Uma nova abordagem ao controlo de máquinas que aumenta o desempenho | Omron, Portugal

Início de sessão

Please use more than 6 characters. Forgot your password? Click here to reset.

Alterar palavra-passe

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Registo

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Obrigado por se registar na Omron

Foi-lhe enviado um e-mail para concluir o registo da sua conta para

Voltar ao Website

obtenha acesso directo

Preencha os seus dados abaixo e obtenha acesso directo ao conteúdo desta página

Text error notification

Text error notification

Checkbox error notification

Checkbox error notification

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Agradecemos o seu interesse

Já tem acesso a Uma nova abordagem ao controlo de máquinas que aumenta o desempenho

Foi enviado um e-mail de confirmação para

Continuar para a página

ou obtenha acesso directo para transferir este documento

Uma nova abordagem ao controlo de máquinas que aumenta o desempenho

Será possível aumentar a mais-valia das suas máquinas, implementando-lhes eventualmente, uma maior sofisticação e complexidade, sem causar impacto no tempo de desenvolvimento e nos custos de programação? Robert Brooks analisa a evolução de uma nova geração de controladores de máquinas.

Na parte central de qualquer máquina encontra-se um controlador de máquinas. Dizer isto poderá parecer óbvio, mas o que queremos exactamente dizer com isto? Como especificamos o controlador? Qual é o impacto que esse controlador poderá ter no desempenho da máquina ou nas oportunidades de acrescente mais-valias na mesma? Nesta era de concorrência a nível global e de crescentes pressões relativamente ao preço e à funcionalidade, será altura para desafiar as abordagens e as percepções comuns?

Transfira o artigo para saber quais são as nossas respostas.