Robôs móveis autónomos simplificam a intralogística da Diva International | OMRON, Portugal

Início de sessão

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Registo

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Obrigado por se registar na Omron

Foi-lhe enviado um e-mail para concluir o registo da sua conta para

Voltar ao Website

obtenha acesso directo

Preencha os seus dados abaixo e obtenha acesso directo ao conteúdo desta página

Text error notification

Text error notification

Checkbox error notification

Checkbox error notification

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Agradecemos o seu interesse

Já tem acesso a Robôs móveis autónomos simplificam a intralogística da Diva International

Foi enviado um e-mail de confirmação para

Continuar para a página

ou obtenha acesso directo para transferir este documento

  • 0:00 -   Autonomous mobile robots simplify intralogistics at Diva International

Graças aos robôs móveis autónomos (AMR), o processo na Diva International, uma produtora de cuidados pessoais e produtos de limpeza, é agora mais seguro e eficiente acompanhar cada passo - desde a encomenda até à respectiva efectivação no armazém.

As grandes empresas recorrem cada vez mais à robótica para simplificar processos manuais em fábricas e armazéns. Um dos exemplos é a Diva International, com sede na Úmbria, em Itália. A Diva pretendia transformar o sistema de transporte de toalhitas húmidas das respectivas instalações de produção para uma ilha de paletização situada no mesmo armazém. Através da fornecedora de gestão de instalações, FM Vision, a empresa desenvolveu um novo sistema automatizado utilizando cinco robôs móveis autónomos (AMR) da OMRON e o controlador de máquinas Sysmac NJ da OMRON. Isto resultou num processo mais seguro, eficiente e flexível.

A Diva necessitava de um sistema que optimizasse a utilização do espaço existente. Queria também acompanhar cada etapa do processo: desde a encomenda até à efectivação no armazém. Isto tornou-se possível graças aos cinco AMR da OMRON, que carregam e descarregam lotes embalados de toalhitas húmidas desde o final da linha até às estações de paletização.

Uma situação desafiante

Ao desenvolver o novo sistema, a FM Vision e a OMRON enfrentaram vários desafios, particularmente no que diz respeito à segurança, velocidade e limpeza. O principal desafio foi conceber um sistema capaz de carregar 12 caixas de cartão no menor período de tempo possível, enquanto gere, simultaneamente, 60 formatos diferentes e uma vasta variedade de pesos.

Augusto Falchetti, proprietário da FM Vision, comenta: "Qualquer sistema de separação e transporte de embalagens com formatos tão diferentes teria demonstrado ser difícil de concretizar, devido a constrangimentos de espaço, custo e segurança. Um fluxo de 120 paletes, cada uma com 70 embalagens, significa que mais de 8000 embalagens devem ser transportadas todos os dias."

A área de produção teve de manter-se afastada da ilha de paletização para cumprir os regulamentos contra incêndios, uma vez que esta contém possíveis contaminantes. Os cinco robôs da OMRON podem movimentar-se individualmente e decidir o caminho a seguir através de um sistema de navegação baseado num mapa das instalações e numa leitura dinâmica do espaço em redor. Cada robô possui um leitor de laser que possibilita a visualização do espaço adjacente. Os movimentos são geridos por vários sensores e controlos que lhes permitem evitar pessoas e outros obstáculos.

Luca Polzoni, analista de dados da Diva, afirma: "Tudo isto se traduz numa redução drástica do tempo de espera. Quando é detectado um obstáculo no caminho, o robô consegue sempre encontrar um percurso alternativo efectuando novos cálculos em tempo real."

Um outro desafio envolveu o contacto entre os AMR e os tapetes transportadores ao carregar e descarregar. As restrições de design não permitem que os robôs se desloquem mais do que 800 mm do tapete transportador.

O módulo de estação fixa foi, portanto, concebido com uma altura ajustável de três níveis, cada um capaz de suportar um lote de quatro caixas. O posicionamento dos robôs tem de ser calibrado ao milímetro, uma vez que as tolerâncias de posição e velocidade podem ser muito restritas. O movimento do robô deve ser preciso: mesmo um grau de erro é capaz de comprometer o processo.

Um processo simplificado

O controlador de máquinas Sysmac da OMRON orienta todo o processo, desde a chegada da encomenda até à separação de embalagens nas ilhas de paletização e o respectivo envio para o armazém.

Paolo Capezzuoli, engenheiro de aplicações de campo, especialista em motion da OMRON Industrial Automation Europe, comenta: "O aspecto mais complexo está relacionado com a comunicação sem fios com os AMR para a criação de tarefas. Esta actividade passa por um gestor de frotas, desenvolvido pela OMRON, que atribui tarefas aos robôs móveis com base em determinadas condições (como o nível da bateria e a proximidade do ponto de recolha). Define também os percursos mais inteligentes para evitar colisões e reduções de velocidade."

O novo sistema simplificou as operações logísticas da Diva. Luca Polzoni afirma: "Os robôs móveis adaptam-se automaticamente aos espaços disponíveis e têm as certificações necessárias, incluindo em termos de segurança, para operar no mesmo ambiente que os trabalhadores. Em cerca de um minuto e meio concluem a sua deslocação, que tem uma média de 10 metros, juntamente com a carga e descarga, transportando uma dúzia de embalagens para a ilha de paletização."

Além de aumentar a eficiência e libertar os funcionários, o novo sistema automatizado ajudou a eliminar erros humanos relacionados com a gestão de dados. Paolo Cocchioni, director comercial da Diva International, conclui: "Para um líder mundial de vendas de toalhitas húmidas, é essencial poder contar com um nível de automação capaz de suportar a produção de cerca de 60 milhões de embalagens por ano. Esta modernização permite-nos realizar o trabalho mesmo na presença de pessoal, cumprindo prazos e respeitando as regras de higiene e segurança."

Contacte-nos para obter mais informações