TheOpenVentilator: início de produção em massa de ventiladores após ensaios clínicos bem sucedidos em Espanha | Omron, Portugal

Início de sessão

Please use more than 6 characters. Forgot your password? Click here to reset.

Alterar palavra-passe

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Registo

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Obrigado por se registar na Omron

Foi-lhe enviado um e-mail para concluir o registo da sua conta para

Voltar ao Website

obtenha acesso directo

Preencha os seus dados abaixo e obtenha acesso directo ao conteúdo desta página

Text error notification

Text error notification

Checkbox error notification

Checkbox error notification

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Agradecemos o seu interesse

Já tem acesso a TheOpenVentilator: início de produção em massa de ventiladores após ensaios clínicos bem sucedidos em Espanha

Foi enviado um e-mail de confirmação para

Continuar para a página

ou obtenha acesso directo para transferir este documento

TheOpenVentilator: início de produção em massa de ventiladores após ensaios clínicos bem sucedidos em Espanha

Juntamente com a associação sem fins lucrativos TheOpenVentilator, a OMRON contribuiu para o desenvolvimento de um ventilador de emergência para uso compassivo, construído com equipamento de qualidade e fiabilidade industrial, para ajudar os doentes que necessitem de ventilação mecânica devido à COVID-19.

Dos vários projectos apresentados ao Ministério da Saúde espanhol, o projecto TheOpenVentilator, que teve origem no programa científico para jovens da Celera em Espanha, foi o primeiro a ser aprovado pelo Laboratório Central Oficial de Electrotecnia (LCOE) espanhol, regulado pela Agência Espanhola de Medicamentos e Produtos Sanitários. O ventilador é semelhante aos dispositivos já disponíveis e pode ser aprovado para marcação CE assim que a pandemia for superada.

O projecto foi executado em tempo recorde graças ao financiamento da Fundação Mapfre, ao apoio da Comunidade de Madrid, à Universidade Rey Juan Carlos e a um amplo consórcio empresarial.

Ventilador de alta capacidade para uso intensivo

O ventilador foi desenvolvido em menos de duas semanas pelo TheOpenVentilator, graças aos consideráveis esforços de I&D, e já está a ser testado em pacientes num ensaio clínico para uso compassivo no Hospital de Alcorcón, em Madrid, e no Vall d'Hebron, em Barcelona. Além disso, demonstrou a sua capacidade para suportar uma utilização intensiva com os parâmetros médicos necessários para salvaguardar a saúde dos pacientes afectados pela COVID-19.

O dispositivo é semelhante aos ventiladores comerciais já disponíveis e mais avançado do que os actualmente utilizados como solução de emergência em hospitais de campanha. O dispositivo inclui uma função de programação automática que lhe permite aprender e ajustar o seu desempenho às necessidades médicas em tempo real.

A produção em massa será possível a um custo significativamente inferior ao dos ventiladores actualmente no mercado. Isto deve-se à colaboração de um consórcio de empresas que partilham instalações, funcionários e componentes em Madrid e Barcelona. Entre eles, a OMRON tem contribuído com a partilha de conhecimentos especializados sobre equipamento electrónico para a indústria da saúde, juntamente com a Fabrez, a Igus e a Finsa.

O papel da Fundação Mapfre tem sido essencial para financiar o desenvolvimento e o fabrico do protótipo. A Fundação irá doar os primeiros 50 dispositivos a vários hospitais em Espanha.

O objectivo é proporcionar às comunidades espanholas um dispositivo robusto e funcional, destinado a ajudar os profissionais de saúde a salvar vidas. Para este efeito, a Universidade Rey Juan Carlos também participou na qualidade de promotora do projecto.

O processo também exigiu a resolução de um quadro jurídico complexo, tanto do ponto de vista comercial como do ponto de vista médico. A fim de resolver todas as questões legais, o projecto TheOpenVentilator contou com a colaboração inestimável da sociedade de advogados CECA MAGÁN Abogados.

OpenVentilator misc

A primeira solução aprovada pelas autoridades de saúde espanholas

"O nosso objectivo tem sido criar uma solução praticamente equivalente aos ventiladores comerciais já aprovados, na qual os médicos especialistas possam confiar", afirma Javier Asensio, coordenador médico do TheOpenVentilator e médico no Hospital 12 de Octubre.

"Não se trata apenas de um simples ventilador portátil para ajudar um hospital de campanha a atravessar a crise", acrescenta Javier González, engenheiro de materiais e responsável pelo projecto. "O que conseguimos é um dispositivo robusto e funcional, a um custo muito baixo e com uma capacidade de produção escalável".

No que diz respeito a outros projectos semelhantes actualmente em curso, Álvaro Gallego, coordenador de produtos, afirma: "Não os encaramos como concorrentes, mas sim como projectos fundamentais e interligados na luta contra o coronavírus, na qual temos de unir forças. Estamos convencidos de que o TheOpenVentilator possui uma das capacidades técnicas e médicas mais completas e seguras. Na verdade, este foi o primeiro equipamento a ser aprovado pelas autoridades de saúde espanholas."

Open-Ventilator OMRON misc

Detalhes técnicos e capacidade de produção em massa

O papel da OMRON no projecto baseia-se na disponibilização de soluções tecnológicas e inovadores em benefício da sociedade, centradas no design, no apoio ao desenvolvimento, na programação e no fornecimento dos componentes electrónicos necessários para o ventilador. Este pode ser facilmente replicado com um design robusto composto por peças mecânicas cortadas a laser em aço inoxidável e por componentes electrónicos de nível industrial normalizados e altamente disponíveis.

O controlador Sysmac destaca-se graças às suas características técnicas. Este permite que os profissionais de saúde implementem os modos de ventilação mais utilizados nos ventiladores convencionais, combinando a regulação avançada do processo e a programação automática, o que permite adaptar os movimentos da servodrive ao mecanismo de ventilação consoante as necessidades do paciente. Também inclui um ecrã de sete polegadas que apresenta a pressão e o fluxo de ar em tempo real. Todos estes componentes estão integrados na plataforma de automação Sysmac da OMRON, que assegura a coordenação entre os diferentes componentes.

TheOpenVentilator peop

O objectivo: ajudar os pacientes a recuperar da COVID-19

Raúl Nicolás, engenheiro de soluções de robótica da OMRON Iberia, afirma: "Estamos muito orgulhosos dos engenheiros de I&D que participaram voluntariamente no projecto. Este é um momento crucial para demonstrar a harmonia entre empresas, instituições e pessoas. Os nossos quatro colegas têm trabalhado arduamente desde o dia 23 de Março, de dia e de noite, de modo a criar o melhor ventilador possível para ajudar as pessoas que mais necessitam durante esta crise sanitária sem precedentes."

"Fizemos tudo o que estava ao nosso alcance para disponibilizar o ventilador com os componentes electrónicos mais adequados, seguindo os conselhos médicos e simplificando a produção graças à melhor tecnologia industrial no mercado", continua Raúl Nicolás.

O TheOpenVentilator foi testado com sucesso, seguindo toda a regulamentação em vigor, incluindo controlos de segurança eléctrica e de EMC realizados pelo LCOE, juntamente com os ensaios clínicos nos hospitais em Espanha. Tal permitirá que a produção em massa do ventilador seja iniciada, de modo a ajudar os pacientes e a atenuar a falta de ventiladores em todo o mundo.

Para obter mais informações, contacte TheOpenVentilator.

Siga a Omron Industrial Automation no LinkedIn