Vadain automatiza a inspeção de tecidos para cortinas com visão da máquina | OMRON, Portugal

Início de sessão

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Registo

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Obrigado por se registar na Omron

Foi-lhe enviado um e-mail para concluir o registo da sua conta para

Voltar ao Website

obtenha acesso directo

Preencha os seus dados abaixo e obtenha acesso directo ao conteúdo desta página

Text error notification

Text error notification

Checkbox error notification

Checkbox error notification

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Agradecemos o seu interesse

Já tem acesso a Vadain automatiza a inspeção de tecidos para cortinas com visão da máquina

Foi enviado um e-mail de confirmação para

Continuar para a página

ou obtenha acesso directo para transferir este documento

Brand Protection

Vadain automatiza a inspeção de tecidos para cortinas com visão da máquina

Publicado às 2022-04-08 10:00:00 UTC em Brand Protection

A Vadain, líder de mercado em cortinas personalizadas nos Países Baixos, necessitou de uma solução para detetar erros o mais antecipadamente possível em quilómetros de tecido para cortinas. Juntamente com os programadores de software da Sycade, a tecnologia de visão da máquina da OMRON e o fabricante de máquinas Eisenkolb, desenvolveram uma solução automatizada para detetar e analisar erros em tecidos para cortinas, eliminando o moroso processo de inspeção manual.

O desafio: cortinas perfeitas

O fornecimento de cortinas sem defeitos é a prioridade máxima da Vadain. Para além das dimensões certas e do método de produção e acabamento corretos, a identificação e prevenção de defeitos de tecido antes de entrarem na fase produção são passos cruciais. Se forem detetados quaisquer defeitos quando as cortinas forem penduradas nas instalações do cliente, o reparo será muito dispendioso, incluindo a substituição do produto, bem como todos os processos logísticos associados e horas de trabalho.

Defeitos de produção

A Vadain estima que, regra geral, um rolo médio de tecido pode conter um máximo de 5 defeitos, tais como erros de tecelagem ou manchas. Na melhor das hipóteses, um fornecedor de tecido já se encarregou de marcar as falhas no rolo. No entanto, a responsabilidade pela deteção e processamento dos defeitos é da Vadain.

Verificações de qualidade

Para evitar qualquer defeito, são efetuadas várias verificações entre a receção dos materiais e o envio do produto acabado. A primeira verificação ocorre quando o material chega e é guardado no armazém. São realizadas mais verificações antes da fase de produção e na oficina antes da fase produção, bem como uma verificação final da qualidade do produto acabado antes do envio. A inspeção é realizada manualmente, desenrolando e enrolando o tecido sobre quadros de luz.
Durante o processo de enrolar, um funcionário verifica visualmente a existência de defeitos no tecido. Com milhares de tipos diferentes e dezenas de quilómetros de tecido em stock, este é um procedimento muito moroso e ineficiente. Além disso, um funcionário apenas é capaz de efetuar estas verificações durante um curto período de tempo com total atenção. Assim que a inspeção é concluída e o tecido entra em fase de produção, este é então cortado à medida sobre quadros de luz. Mais uma vez, os costureiros ou o cortador efetuam uma verificação de qualidade. Graças à sua experiência, raramente deixam passar um defeito.

Solução com visão da máquina

A equipa da Vadain apercebeu-se de que deve haver uma forma mais conveniente, eficiente e rápida de inspecionar os tecidos e apresentou o desafio à Sycade, especialista na área de melhoria de qualidade através da automação na indústria de fabrico. A Sycade propôs um conceito para automatizar o processo de inspeção com uma solução de visão da máquina. A solução realiza verificações de forma mais rápida e precisa, reduz reclamações e perdas de corte* e, em última análise, resulta em poupanças de custos. Com a experiência da Vadain, a tecnologia e o conceito de automação inovadora da OMRON, o hardware da Eisenkolb e um fornecedor de luz da câmara, a Sycade configurou uma solução utilizando uma máquina enroladora "padrão" para desenrolar os rolos da posição A e voltar a enrolar para a posição B. O tecido desenrolado passa sobre uma superfície de avaliação com uma unidade de corte integrada, localizada no interior de uma unidade escura com tecnologia de visão.

Perda de corte*

A perda de corte ocorre quando os rolos são cortados para produção. Os pedaços residuais são considerados como perda de corte e, em grande parte, eliminados como resíduos. Ao registar com precisão os comprimentos dos tecidos nos rolos parciais e ao estabelecer correspondência entre estes e os requisitos de cada encomenda, é possível minimizar a perda de corte, o desperdício e os custos associados.  

Software inteligente

O sistema de inspeção de câmara e iluminação consegue detetar até os mais pequenos desvios de substâncias, graças ao software inteligente personalizado da Sycade e ao hardware padrão "personalizado" da OMRON. Contudo, não basta detetar um defeito num rolo de tecido. Nem todos os tecidos são igualmente grossos ou transparentes e são fornecidos com estruturas, cores e reflexos diferentes. Foram descobertos os ajustes da luz e da câmara, bem como as definições de programação corretos após uma série de testes.

Detetar, cortar, registar

O que tem de ser feito quando é detetado e avaliado um defeito? Em caso de poeira, esta pode ser removida pelo operador e a máquina recebe um sinal de que pode avançar. Em caso de um erro de tecelagem ou manchas, a máquina já identificou a localização do defeito. Além disso, já mediu a quantidade de tecido que foi desenrolado até à deteção do defeito. Após cortar a partir da localização correta, este rolo parcial é marcado com um autocolante de rolo principal e de rolo parcial, incluindo a medida em metros. Isto torna possível obter uma visão geral de quantos metros de tecido sem defeito estão em stock e de quantos metros de tecido foram cortados. Desta forma, a oficina sabe exatamente que rolos parciais e sem defeitos podem ser utilizados de forma mais eficiente para uma determinada encomenda. Na administração, o total dos sub-rolos permanece ligado à medida original do rolo principal, tornando fácil e eficiente reordenar os tecidos.

Vantagem colateral

Graças à solução, os movimentos de recolha e devolução no armazém foram reduzidos para metade. Uma vantagem imprevista, mas bem-vinda. Uma vez que os rolos parciais são agora todos medidos, registados e pré-cortados com precisão, já não é necessário recolher, cortar e devolver os rolos completos ao armazém. Isto poupa 50% de tempo de carga e descarga. Os movimentos de transporte reduzidos entre os suportes também melhoram a segurança.
Fate Basit, CEO da Sycade, conclui: "Além de abordar o problema inicial, a solução gerou alguns benefícios adicionais muito convenientes. Estamos convencidos de que a nossa solução de visão da máquina proporciona enormes oportunidades para todas as organizações da indústria de fabrico."

Contacte os especialistas da Omron

Tem alguma questão ou gostaria de receber aconselhamento pessoal? Não hesite em contactar um dos nossos especialistas.
  • Omron Europe

    Omron Europe