A forma como a escassez de mão-de-obra está a afetar o setor logístico e por que razão a automação é a solução | OMRON, Portugal

Início de sessão

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Registo

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Obrigado por se registar na Omron

Foi-lhe enviado um e-mail para concluir o registo da sua conta para

Voltar ao Website

obtenha acesso directo

Preencha os seus dados abaixo e obtenha acesso directo ao conteúdo desta página

Text error notification

Text error notification

Checkbox error notification

Checkbox error notification

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Agradecemos o seu interesse

Já tem acesso a A forma como a escassez de mão-de-obra está a afetar o setor logístico e por que razão a automação é a solução

Foi enviado um e-mail de confirmação para

Continuar para a página

ou obtenha acesso directo para transferir este documento

Collaborative Robotics
automation blog

A forma como a escassez de mão-de-obra está a afetar o setor logístico e por que razão a automação é a solução

Publicado às 2021-08-11 14:49:00 UTC em Collaborative Robotics

Por Stuart Coulton, Diretor Regional, OMRON UK North
Este é um momento sem precedentes para o setor logístico do Reino Unido. Uma pandemia, combinada com o fim de meio século na União Europeia, causou uma escassez de mão-de-obra considerável. Para complicar ainda mais a situação, tudo isto está a acontecer num momento de crescimento sem precedentes, à medida que mais consumidores recorrem a compras online, esperando entregas rápidas à sua casa.
Com menos trabalhadores disponíveis, o setor enfrenta desafios significativos. Como podem os armazéns superar a escassez de mão-de-obra e continuar a cumprir os prazos?
Felizmente, a tecnologia está pronta para intensificar e revolucionar o funcionamento do setor. Através da digitalização e automatização de práticas, os armazéns podem satisfazer as exigências do mundo moderno, melhorando a produtividade dos funcionários e reduzindo os desperdícios.
Permita que a tecnologia nos ajude a fazer mais, com menos.

As causas da disponibilidade reduzida de trabalhadores de armazéns

Embora a logística seja um dos setores mais afetados, a escassez de mão-de-obra está a afetar diversas indústrias. Os estudos mostram que o verão de 2021 apresenta o maior crescimento de desocupação no Reino Unido desde 1998, com a oferta de trabalhadores a descer à taxa mais rápida em quatro anos. A reabertura dos setores após o confinamento tem causado um aumento nas necessidades laborais e esta realidade é agravada pela falta de trabalhadores estrangeiros que chegam ao Reino Unido devido às restrições de circulação causadas pela Covid e pelo Brexit.

As três principais consequências da disponibilidade reduzida de trabalhadores de armazéns

  1. A escassez de trabalhadores significa que os armazéns têm de oferecer salários mais elevados para atrair mais pessoas. Não se trata de um aumento isolado dos custos para os empregadores de logística, mas também para os consumidores e fabricantes/fornecedores.
  2. Menos funcionários num armazém coloca uma pressão significativa sobre os funcionários existentes. Ser necessário trabalhar durante mais horas num trabalho já tributado conduz frequentemente a uma precisão reduzida em tarefas ou a mais erros.
  3. Sem encontrar formas de prestar os mesmos serviços com menos funcionários, os armazéns não podem fornecer os mesmos resultados. Isto significa prazos de entrega mais longos para os clientes e uma redução no movimento global das mercadorias.
Para superar a disponibilidade reduzida de funcionários, os armazéns têm de repensar a forma como trabalham.

Os benefícios da automação do armazém

Felizmente, existe tecnologia personalizada para automatizar todas as fases das operações do armazém. A automação pode ser incorporada à chegada do inventário, ao movimento dentro das instalações e à entrega utilizando significativamente menos assistência humana. Seja 
  • software de gestão do armazém,
  • análise do inventário através de dispositivos móveis,
  • acesso simples ao armazenamento baseado na nuvem,
  • prateleiras e paletes inteligentes que utilizam tecnologia RFID,
  • sensores IoT
  • ou incorporando sistemas de robótica,
Existem muitas formas de a automatização tornar o trabalho de armazém mais fácil. Dizem: "Nunca desperdice uma boa crise". A atual escassez de mão-de-obra pode ser o impulso de que os armazéns necessitam para abraçar a automação e colher os benefícios oferecidos.

Robôs móveis autónomos (AMR)

Os ARM são uma das áreas mais interessantes para o crescimento na automação de armazéns. Os ARM avaliam o ambiente e deslocam o inventário através das instalações sem supervisão humana direta, substituindo os empilhadores operados manualmente. Como resultado, eliminam tarefas físicas repetitivas e intensivas de mão-de-obra, melhorando a eficiência do depósito e reduzindo a carga de trabalho dos funcionários.

Os ARM são uma excelente forma de superar a disponibilidade reduzida de trabalhadores e transformar a forma como o inventário se move dentro dos armazéns.

Com a redução da disponibilidade dos funcionários do armazém, agora é o momento perfeito para saber mais sobre automação e a forma como esta pode mudar os processos de negócio. Veja o HD-1500, o AMR mais forte da OMRON e descubra o próximo passo lógico na logística. Contacte-nos para obter mais informações

Contacte os especialistas da Omron

Tem alguma questão ou gostaria de receber aconselhamento pessoal? Não hesite em contactar um dos nossos especialistas.
  • Omron Europe

    Omron Europe