Enfrentar os desafios da embalagem e da intralogística no comércio eletrónico | OMRON, Portugal

Início de sessão

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Registo

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Obrigado por se registar na Omron

Foi-lhe enviado um e-mail para concluir o registo da sua conta para

Voltar ao Website

obtenha acesso directo

Preencha os seus dados abaixo e obtenha acesso directo ao conteúdo desta página

Text error notification

Text error notification

Checkbox error notification

Checkbox error notification

Temos experienciado dificuldades técnicas. O seu pedido não foi submetido com sucesso. Por favor aceite as nossas desculpas e tente novamente mais tarde. Detalhes: [details]

Download

Agradecemos o seu interesse

Já tem acesso a Enfrentar os desafios da embalagem e da intralogística no comércio eletrónico

Foi enviado um e-mail de confirmação para

Continuar para a página

ou obtenha acesso directo para transferir este documento

Collaborative Robotics
Operational Excellence
automation blog

Enfrentar os desafios da embalagem e da intralogística no comércio eletrónico

Publicado às 2022-02-24 13:40:00 UTC em Collaborative Robotics

A embalagem assistida por robôs permite uma expansibilidade rápida e económica, para cima e para baixo, de modo a lidar com variações nas exigências da cadeia de fornecimento.

por John van Hooijdonk, diretor de marketing da indústria FMCG na OMRON Europe

O comércio eletrónico está a florescer, mas tal não se deve apenas à pandemia da COVID e aos seus efeitos, como confinamentos ou lojas fechadas. Em 2020, as vendas globais online aumentaram mais de 24 por cento para aproximadamente 4,3 biliões de dólares americanos. Estes valores não só satisfazem apenas os revendedores online, como também colocam desafios crescentes aos prestadores de serviços que executam atividades como embalagem, co-embalagem, armazenamento e intralogística.
Os prestadores de serviços nestes setores necessitam de encontrar opções e tecnologias que lhes permitam otimizar as operações, libertar funcionários e aumentar a eficiência. A embalagem assistida por robôs e outras abordagens inovadoras proporcionam um apoio importante no sentido de alcançar estes objetivos.
A embalagem tornou-se uma das prioridades mais elevadas para muitos fornecedores do comércio eletrónico. Os processos de embalagem e processamento manuais já não são suficientes. Em vez disso, são necessários fluxos de trabalho de embalagem mais rápidos e automatizados.

Abordagem rápida e flexível para o comércio eletrónico

Os tempos de resposta lentos já não são aceitáveis, o que constitui uma restrição para os revendedores online. Tanto o centro de distribuição como o centro de processamento de encomendas têm de lidar com uma crescente diversidade de produtos (mistura elevada, baixo volume); a rastreabilidade desempenha um papel cada vez mais significativo; a saúde e a segurança do pessoal, bem como a precisão e a velocidade, são mais importantes do que nunca. Ao mesmo tempo, há cada vez mais SKU e, frequentemente, pouco espaço disponível; há falta de mão-de-obra qualificada na produção e armazenamento e os revendedores têm de atender à necessidade de maior flexibilidade, apesar do aumento dos volumes.
São necessários sistemas automatizados que permitam uma passagem económica das operações manuais para as totalmente automatizadas. O aumento da automação da embalagem simplifica os processos de manuseamento, predominando em toda a fábrica ou complementando os métodos tradicionais. Ambas as opções permitem um manuseamento e envio mais rápidos.

Expansibilidade flexível

Ao selecionar uma solução adequada, os requisitos do fabricante, bem como os dos parceiros de armazém e da logística, constituem a prioridade. A potência e o desempenho têm de ser considerados, bem como a expansibilidade: os sistemas, as máquinas e tecnologias devem ser adaptáveis às necessidades em constante mudança, à qualidade e utilização ideal do espaço disponível na fábrica e no armazém.
Uma linha de embalagem autónoma e reconfigurável, composta por elementos estacionários e móveis, robótica e tecnologia de sensores, é a melhor resposta aos requisitos modernos da indústria. Idealmente, a solução deve ser de fácil expansão, mas também de fácil redução, se necessário, para lidar com as necessidades variáveis da cadeia de fornecimento e com um modelo de produção de baixo volume e mistura elevada.

Sistemas robóticos de automação e inspeção para embalagem no comércio eletrónico

É essencial automatizar ao máximo o processo manual de embalagem, ou seja, processos de embalagem automatizados com robótica que libertam os trabalhadores de tarefas mais repetitivas, complexas ou perigosas. A implementação de máquinas de rotulagem, marcação, codificação e de sistemas de inspeção pode ajudar a eliminar erros para cumprir regulamentos ambientais e de rotulagem cada vez mais rigorosos.
Isto pode ser utilizado em aplicações como:
  • Inspeção dos produtos recebidos quanto a caraterísticas como etiqueta, tamanho e integridade do recipiente ou verificação do tempo de armazenamento residual acordado e da temperatura de entrega.
  • "Bin picking" 3D em que o desafio consiste em igualar ou exceder as capacidades humanas na recolha de peças que são colocadas aleatoriamente num recipiente.
  • Métodos de recolha de encomendas "Person-to-Goods" (PTG) para ajudar o operador do armazém, reduzindo o tempo necessário para o processo de recolha e introduzindo manualmente as SKU num recipiente.
  • "Pick & Place" automatizados para processar diferentes produtos, formatos, tamanhos, comprimento da fita, volume do material de proteção e muito mais, melhorando a eficiência e a flexibilidade.
  • A paletização beneficia muito da automação, uma vez que é altamente repetitiva e representa um grande risco de ferimentos para os trabalhadores.
  • Transporte de paletes com ARM (robôs móveis autónomos) que substituem os empilhadores para melhorar a segurança.
A automação destas tarefas proporciona uma variedade de vantagens:
  • Custos de produção e mão-de-obra reduzidos
  • Eliminação de erros
  • Produtividade, precisão e eficiência ideais
  • Risco reduzido de contaminação
  • Risco reduzido de ferimentos no pessoal
  • Maior versatilidade, flexibilidade e fiabilidade

Como ficar "pronto para o comércio eletrónico"

O enorme potencial do comércio eletrónico cria inúmeras oportunidades a empresas estabelecidas, bem como a pequenas startups, para impulsionar o respetivo sucesso. Tanto os consumidores como as empresas encomendam cada vez mais produtos online. Mais do que nunca, as empresas de embalagem encontram-se sob pressão para acompanhar as necessidades crescentes de uma forma inovadora e eficiente. A automação moderna e integrada, a robótica e a tecnologia de sensores ajudam as empresas de embalagem e co-embalagem a agilizar as operações, libertar pessoal, reforçar a segurança e aumentar a eficiência.
As soluções expansíveis ajudam a gerir as necessidades variáveis da cadeia de fornecimento, a reduzir os custos gerais e o espaço ocupado. Atualmente, para garantir uma vantagem competitiva, é necessário automatizar as operações de embalagem manual e encontrar soluções inovadoras o mais rapidamente possível, pois esta é a única forma de as empresas do setor se posicionarem verdadeiramente como "prontas para o comércio eletrónico".

Contacte os especialistas da Omron

Tem alguma questão ou gostaria de receber aconselhamento pessoal? Não hesite em contactar um dos nossos especialistas.
  • Omron Europe

    Omron Europe